Odù Ìrosùn


Odù Ìrosùn - (A Calma)

Òrìṣà que regem este odù - Ògún, Omolu, Iyemonja, ṣàngó oyá e ègun

é um Odù composto pelos elementos fogo sobre terra, com predominância do primeiro, o que indica escassez, parcimônia, insuficiência de recursos para que a meta seja atingida em toda plenitude.

Suas cores são o vermelho e o laranja, sendo um odù masculino,

Intérditos 
Uso de roupas e objetos vermelhos, as frutas e cereais de cor vermelha, relacionamento sexual com filhos de Omulu ou de Xangô, envolvimento em brigas, discussões ou questões judiciais (das quais saem sempre perdedores).

A carne de galo precisa ser evitada e não deve comunicar a ninguém seus planos, sob pena de não vê-los realizado.

Não podem roer ou chupar ossos de animais, principalmente da cabeça.
Saltar sobre valas, buracos, fossas e caminhar por locais onde existam mangues e, se isto for inevitável, devem fazer limpezas de corpo com ovos e velas.

Terminantemente proibido o porte de punhais ou facas, saltar sobre valas, buracos ou fossas, caminhar em locais onde existam mangues. Caso isso seja inevitável, fazer a limpeza do corpo com ovos e velas.

Personalidade

Audacioso, colérico, decidido e autoritário. As pessoas desse Odu costumam apresentar olhos vermelhos e lacrimejantes. São generosas, sinceras, sensíveis, intuitivas e místicas.
Têm grande habilidade manual e podem alcançar sucesso na área de vendas.
Entre os aspectos negativos estão a tendência a sofrer traições amorosas e a propensão a acidentes.

Muitas vezes são vítimas de calúnias e da perseguição dos seus inimigos.
É o odu da imaginação, do choro, da dificuldade na vida.
São pessoas que não podem perder, porque quando perdem é um problema muito difícil de se recuperar.

São pessoas com cargo de santo e que possuem características que trazem problemas espirituais, são muito teimosos e ficam muito em dúvida quando tem que tomar uma decisão séria são indecisas, inseguras e tudo o que começam a fazer, param sem chegar ao seu objetivo.

Estão sujeitos a traição, difamação, calúnia e ciladas armadas.
Os filhos deste odu são predestinados a adquirirem conhecimento dentro do culto a Ifá, para que não pereçam precocemente.

São pessoas orgulhosas, animadas, exaltadas, realizadoras, muito agressivas e que se deixam dominar pela cólera com muita facilidade. É um Odu de prenúncios medianos, que fala do bem e do mal com a mesma intensidade, geralmente são mão aberta e não suportam ver as pessoas chorando miséria. São gratos e gostam de ajudar.

São pessoas espalhafatosas, se atraem pelo oculto, pelo mistério, pelo misticismo, porém estão sempre ligadas ou junto à eguns.

Esse Odu traz imaginação choro, dificuldade na vida, peregrinação, prevenção, cautela e futuro brilhante. Os filhos deste Odu são predestinados a adquirirem conhecimentos dentro de Ifá para não perecerem precocemente.

São pessoas animadas, exaltadas e realizadoras.
São orgulhosas, muito agressivas e que se deixam dominar pela cólera com facilidade.

As pessoas deste odú pecam e sofrem por não guardarem segredo, exceto quando lhes é conveniente- são faladoras generosas e francas; orgulhosas e exaltadas. Gostam de ajudar o próximo, inclinam-se ao ocultismo e aos mistérios.

4 - Ìrosùn

Baixe nosso Aplicativo